Segunda-feira, 22 de Março de 2010

I Festival Taurino Rádio Campanário

Conforme anteriormente noticiado aqui neste blog, realizou-se neste sábado dia 20 de Março, o I festival Taurino Rádio Campanário, com especial enfoco para a presença do Cavaleiro José Luis Cochicho que não actuava desde 2006 ( Terrugem), e claro para o nosso grupo de forcados de Bencatel, isto no que á nossa terra diz respeito.

Fiquei bastante satisfeito quando o cabo do grupo Paulo Serra me disse que a corrida tinha corrido pelo melhor, e que as expectativas criadas em torno da corrida tinham superado tudo, com as duas pegas a serem concretizadas à primeira pelo forcado Bruno Carvalho "Açorda" e o cabo do grupo o Paulo Serra "Tejo".

Abaixo deixo nota de impressa da "Touro Bravo" sobre o Evento:

 

Rouxinol, Figura de mármore!

 

Triunfo redondo de Luis Rouxinol no Festival Taurino em Vila Viçosa a Favor da Rádio Campanário. Bastinhas e Cochicho também deixaram bom ambiente...

 

Vila Viçosa é por conhecida a nível nacional como a Capital do Mármore, uma vez que a economia da sua região se baseia na extracção e transformação dessa rocha metamórfica. Mas, desta vez, não foi a sua indústria ou o seu turismo que nos fez deslocar até ao coração do Alentejo; mas sim o Festival Taurino da Rádio Campanário num dia em que parte da receita coube à estação radiofónica local. A grande aficion daquela região levou pessoal aos toiros, preenchendo-se mais de meia praça. Embora com ameaça constante de chuva, o festejo decorreu em clima de Festa.

 

Luís Rouxinol continua a pautar-se pela regularidade, com actuações bastante sólidas, uma verdadeira figura...neste caso de Mármore! O novilho de Cunhal Patrício foi o mais rematado de carnes, inicialmente reservado, a adiantar-se às montadas mas ao que Rouxinol deu uma verdadeira demonstração de inteligência e verdade! Aos poucos foi ensinando o oponente a investir, tornando o patrício cada vez mais toureável e inventou uma lide redonda, quer no “Ulisses”, nos quatro curtos que deixou, quer no “Vimeiro”, com que viria a rematar função, colocando um palmo e um par de bandarilhas, o qual viria a ser a “cereja no topo do bolo”...

 

Joaquim Bastinhas teve pela frente o melhor novilho da tarde, um exemplar de José Luís Cochicho que foi bastante codicioso e que permitiu uma actuação tranquila e em plano de festa ao cavaleiro de Elvas, onde não faltaram os seus números habituais.

 

José Luis Cochicho andou alegre e comunicativo ante um animal da sua ganadaria, nobre e encastado, permitindo ao ginete que andasse a gosto e chegasse com facilidade às bancadas, ou não fosse ele um toureiro (retirado) da terra.

 

Ana Batista demorou algum tempo a entender o “grave” que lhe coube em sorte, pois nem sempre era franco nas investidas obrigando a uma actuação intermitente. Sempre airosa e eficiente na brega, a cavaleira de Salvaterra sobressaiu no último palmo, onde provocou e deu primazia à investida do oponente.

 

Ribeiro Telles Bastos, como agora se passou a designar, abriu o Festival, uma vez que toureava à noite em Vila Franca de Xira. O de Paulo Caetano que teve por diante foi parco de forças e veio a menos durante a ferragem curta, acabando por descair para tábuas. Para solucionar os problemas do novilho, utilizou o “Xelim” de António Paim e o “Gracioso” de Ortigão Costa.

 

Marcos Tenório Bastinhas lidou um sommerd’andrade que nunca chegaria a “romper”, tendo, por isso, sentido algumas dificuldades para implementar o seu estilo de tourear. Foi numa vertente mais populista, num toureio desgarrado, ao estilo do seu progenitor, que animou as bancadas.

 

Tarde fácil para os Forcados os quais viram as maiores complicações partir do que viriam a ser o maior inimigo: as bandarilhas. Foram vários os elementos lesionados na face e que acabaram por ser socorridos pela equipa médica presente. Quanto às pegas: por S. Manços pegaram Jorge Valadas, à terceira, e António João Carretas, à primeira, numa intervenção vistosa. Quer os Académicos de Elvas, através de Bruno Bandeiras e Afonso Martins, quer os Amadores de Bencatel, por intermédio de Paulo Serra e Bruno Carvalho, pegaram todos os seus novilhos à primeira tentativa.

 

No campo ganadeiro, nota positiva para os dois novilhos de José Luis Cochicho (2º e 3º), dois exemplares codiciosos, e para a apresentação do “cunhalpatrício”.

 

Uma direcção exemplar de António dos Santos, assim como a participação do cornetim José Henriques, ao nível que nos habituou. Num festejo a favor da Rádio não podia faltar a música, e além dos tradicionais pasodobles, a recolha dos toiros foi acompanhada ao som de Fados...

Mais de 1/2 casa. Novilhos de Paulo Caetano, José Luis Cochicho, Cunhal Patrício, Murteira Grave e Sommer de Andrade.

  • Joaquim Bastinhas - Volta
  • José Luis Cochicho - Volta
  • Luis Rouxinol - Volta
  • Ana Batista - Volta
  • Ribeiro Telles Bastos - Volta
  • Marcos Tenório Bastinhas - Volta

> Forcados Amadores S. Manços (3ª e 1ª), Académicos de Elvas (1ª e 1ª) e Bencatel (1ª e 1ª).

 

 

    **** Fotos do Festival ****

 

Publicado por ccpbencatel às 11:18
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

C. C. P. B.

Pesquisar neste blog

 

Maio 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts Recentes

Convivio Piscatório 10-6-...

Calendário de exames para...

Largada de Pombos e Perdi...

Calendário Lunar 2015

Montaria 7-12-2014

Gancho 2/11/2014

Gancho 19/10/2014

Calendário Venatório 2014...

Informação aos Sócios

Nova página de compra de ...

Coelho bravo em risco de ...

Montaria na Serra D´Ossa ...

Navalheiro abatido na lua...

Navalheiro abatido no mil...

Época de caça ao coelho b...

Corrida em Bencatel já te...

13ª Semana da Juventude e...

Assembleia Geral

Tiros, copos e caracóis, ...

Populações de coelho dimi...

V Festival Taurino em Ben...

Assembleia Geral extraord...

Expocaça 2013

Largada de pombos 17/03/2...

Ocorrências parasitárias ...

Rádio campanário - Nota i...

Largada de pombos dia 17-...

IV Festival Taurino da Rá...

Caça, uma actividade de l...

Um Bom Natal e um Prósper...

Arquivos

Maio 2015

Abril 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Julho 2014

Junho 2014

Março 2014

Dezembro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Agosto 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Outubro 2007

Junho 2007

Maio 2007

O poeta diz:

A saúde, quando usada com moderação, pode trazer muito prazer e bem-estar à vida, desde que a sua utilização não prejudique o tabaco e o álcool.

web´s amigas

Rádio M80 - Online

Tempo Bencatel